FLAMENGO CAMPEÃO DA COPA DO BRASIL 2013, O ANO DA VIRADA PARA O CLUBE DE REGATAS FLAMENGO, COMO TUDO COMEÇOU ATÉ O TÍTULO, A NOVELA AGORA EM VÁRIOS CAPÍTULOS!

mosaico_torcidaflamengo

POR ANDRÉ (ARACAJU)

INÍCIO – O Ano, 2012, ano que a “Pati-Patricinha” tentava a reeleição no CRF para exercer mais um mandato de 3 anos.  

Após o “fiasco” no primeiro mandato (2010-2011-2012) onde tivemos o iníco do namoro entre Flamengo e Ronaldinho Gaúcho “R10” junto da contratação de grandes estrelas do futebol nacional, como Thiago Neves, Vagner Love e tantos outros, terminou nestes 3 anos com a conquista apenas do estadual (com um time super qualificado) e a vaga na libertadores. 

Depois com o passar do tempo foi aparecendo os problemas “extra-campo” que era a péssima administração financeira dessa gestão, onde gastar “sem limites” era a regra e pagar não… Pois bem, depois o Flamengo não tinha mais de onde tirar mais receitas para manter um elenco “mega caro” e de tanto ter recebidos cotas de TV e outros patrocinadores adiantados, não estava mais tendo como pagar seus jogadores e o R10 sem receber, partiu para o litígio e saiu da gávea (Flamengo ainda tem uma enorme dívida com R10) e muitos outros saíram como ele. 

Um grupo de empresários super bem sucedidos, flamenguistas apaixonados, que viviam se encontrando na gávea perceberam que a situação do maior do mundo era o início do abismo e resolveram juntar forças e fazer alguma coisa.  

Com o apoio de Zico, foi lançada a candidatura de Wallin de Vasconcelos (então candidato cassado pela gestão de “Pati-Patricinha numa manobra técnica, achando que assim teria caminho livre para se reeleger), ledo engano, pois a oposição rápida lançou Eduardo Bandeira de Melo e conseguiu a vitória disparada na eleição, começando ali o início de uma transformação que culminaria no título da Copa do Brasil, mais ainda tinha muito sofrimento antes de se chegar a glória. 

MEIO DO CAMINHO (MUITO SACRIFÍCIO E SOFRIMENTO) – Assim que a nova diretoria tomou posse, as primeiras medidas desagradaram a grande maioria de rubro negros, pois começou o desmanche do time, que possuía grandes “medalhões” com salários estratosféricos, mas que em campo não faziam por valer o que recebiam. 

Jogadores como Vagner Love, Ibson, Renato e tantos outros foram dispensados, outros jogadores como Léo Moura (capitão do título) resolveu aceitar a nova situação de contenção de gastos e renegociou sua redução salarial (uma atitude corajosa) e permaneceu em sua “casa”. 

Veio a famosa auditoria onde expusemos, sem nenhuma vergonha, que a dívida do Flamengo estava na casa dos 750 milhões de reais e eu nem quero imaginar se “Pati-Patricinha” tivesse sido reeleita, acredito que passaria da casa de um bilhão de reais as nossas dívidas. 

Como empresários competentes e bem sucedidos que são a diretoria reviu os contratos com seus patrocinadores e trouxe novos (e antigos parceiros) para a gávea. Adidas, Caixa, Peugeot, criou o sócio-torcedor, negociou com o novo consórcio do Maracanã, levou o time para jogar em outras praças para arrecadar recursos e tantas outras medidas que não tenho como mensurar todas aqui. 

Quando a diretoria num momento de fraqueza e por pressão da maior torcida do mundo se viu cobrada por suas atuações sofríveis no futebol, sucumbiu aos apelos dos torcedores e trouxe o treinador “modinha” da vez, Mano Menezes (antes teve Dorival Junior e Jorginho) que merece um capítulo a parte… 

RETA FINAL, A ARRANCADA RUMO A GLÓRIA – Quando o Flamengo sofreu o revés em pleno maracanã para esse mesmo Atlético/PR pelo brasileirão, o treinador “modinha” da vez, Mano Menezes resolveu pular do barco, surpreendendo a todos e deixando o clube, a diretoria, seu elenco de jogadores e a sua torcida em “xeque”.

A diretoria então resolveu seguir o que havia traçado no início do caminho e não sucumbir novamente aos apelos de milhões de apaixonados que pediam Abel, M.Ramalho e tantos outros treinadores modinhas e efetivou o técnico interino Jayme de Almeida, os jogadores diante da vergonha que foi a saída de Mano Menezes “se fechou” e a torcida fez a sua parte e ao invés de não ir mais aos estádios apoiar seu time diante da dificuldade, resolveu “lotar” todos os jogos e apoiar seu clube, a magia estava só começando. 

Jayme de Almeida então, conhecendo todo o elenco melhor do que qualquer um, resolveu fazer o simples:  

Paulinho que antes havia sido testado e usado pelos treinadores modinha na lateral e no meio, ele escalou aberto no ataque, tirou o André Santos do meio e o colocou onde ele sabe de fato atuar, na lateral junto de Paulinho, trouxe de volta ao time um jogador que nem relacionado mais ao time era, Amaral, para a missão de jogar na frente de sua saga “destruindo” as jogadas de ataque adversária e soltando mais Elias e Luiz Antônio, uma trinca de volantes, que quando não tinham a bola davam combate no meio campo e com a bola nos pés, os dois últimos apoiavam o ataque como poucos volantes do futebol brasileiro.  

Barrou Marcelo Moreno e trouxe aquele menino “com fome de fazer gols” que adora “brocar” e com a confiança de seu treinador desandou a fazer gols, na zaga escalou os melhores, mesclou experiência e juventude, Wallace, Chicão, Samir, Gonzales, jogava somente que estava melhor e novamente ponto para Jayme de almeida, que efetivou Wallace (esse eu não esperava tanto do que produziu) e fez um rodízio entre Chicão e Samir (motivo contusão).  

Abro um parênteses para o menino “Cadu” o “C10” ou se preferirem Carlos Eduardo, extremamente criticado e parte da crítica é aceitável, a gente espera sempre mais de um camisa 10, mas não tínhamos ninguém melhor para cadenciar o nosso meio campo do que ele, além do que seu único gol com o manto sagrado em minhas gerais, numa derrota por 2×1 contra o Cruzeiro selou a caminhada do Flamengo rumo ao título 2013 e a vaga na libertadores de 2014, ano da copa do mundo e o maior do mundo estará presente. 

O Flamengo é campeão da filosofia “pés no chão” e é campeão “maiúsculo” da copa do Brasil após ter passado pelo “G4 ou G5” como preferirem, Bateu o campeão Cruzeiro, O Atlético/PR na final, em cima do Goiás “deitou e rolou” e do Botafogo, só não enfrentou o Grêmio, pois o mesmo sucumbiu na semi-final diante do furacão. 

Parabéns Flamengo, parabéns de verdade a nova filosofia profissional que começa a se praticada na gávea pela nova diretoria que em menos de um ano de administração já conquista de cara um título nacional, que esse título possa ajudar o clube a continuar a sanar seus problemas financeiros que são gigantescos ainda, mas que com o apoio da maior torcida do mundo com certeza iremos superar, o gigante adormecido finalmente acordou e os anti piram, SRN!

 

Sobre Adriano Barbosa

Brasileiro, casado, pai de 2 filhos, formado em Administração de Empresas, Analista de Pessoal numa empresa do ramo de Cultivo de cana-de-açucar
Galeria | Esse post foi publicado em BRASILEIRÃO, COPA DO BRASIL, FUTEBOL CARIOCA, FUTEBOL SULAMERICANO, LIBERTADORES, MUNDIAL FIFA, NOTÍCIA, NOTÍCIAS ESPORTIVAS, SÉRIE A e marcado , , , . Guardar link permanente.

4 respostas para FLAMENGO CAMPEÃO DA COPA DO BRASIL 2013, O ANO DA VIRADA PARA O CLUBE DE REGATAS FLAMENGO, COMO TUDO COMEÇOU ATÉ O TÍTULO, A NOVELA AGORA EM VÁRIOS CAPÍTULOS!

  1. Gato Mestre disse:

    Aqui na minha cidade 70% é Flamengo, em 2009 foi um “cabaré de Leila” com a conquista do Brasileiro, só vi festa igual, nas conquistas das copas de 94 e 2002. Eu fico imaginando, o Flamengo faz DVD para conquista de estadual, no dia que tornar a ganhar Libertadores e Mundial, minha Cidade vai a baixo.
    Quanto ao texto, li e gostei, mas lembro ao amigo, parabéns e comemore pelo seu time, mas eu particularmente tenho que ver com meus próprios olhos, acompanho Futebol desde 1994 quando tinha 6 anos de idade, de lá para cá, vejo no Flamengo o maior reflexo da sociedade brasileira, muita desorganização e corrupção de seus gestores, lembro-me do ataque dos sonhos de 95 rsrs, se brincar ainda deve a Sávio, Edmundo & Cia. Sempre gastando muito, trazendo jogadores de salários enormes…enfim, pulando para 2009 conquistou o nacional, mas mesmo assim, continuou sendo o velho Flamengo desorganizado !
    vejo Inter e Grêmio não tem nem 1 terço da torcida do FLA, mas a estrutura dos clubes,padrão europeu. O Flamengo nem estádio tem, acho isso uma vergonha para grandeza DO FLAMENGO!
    Continuo esperando os times do RIO saírem do amadorismo de seus “cartolas” e no meu caso em particular sou anti Fla pq a maioria dos meus amigos são urubus e é bom d+ sacanear todos eles rsrs PRÓXIMO ANO não perderei 1 jogo da Liberta rsrs secando com FORÇA RSRS quero ver a cara deles na eliminação rsrs pena que Cabañas não joga mais rsrs me lembra dias felizes de MARACANAZOS rsrs

  2. Chego em casa do trabalho após postar esse testo antes de ir trabalhar e dobrar (2 plantão seguidos) e o amigo Adriano fez o post fixo, amigo Adriano, sem palavras sua gentileza e sua total imparcialidade com todos os clubes do Brasil, parabéns…

    Apenas para me redimir, ficou faltando apenas eu “ilustrar” a presença do goleirão Felipe “paredão” que passou por uma cirurgia no joelho e conseguiu retornar a tempo para os dois jogos da final, um “monstro” de goleiro que transmite segurança e experiência ao resto do time, abraços a todos os amigos…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s