NÃO É INVASÃO? PERGUNTA PARA OS JAPONESES

Invasão ao Japão!!

Invasão ao Japão!!

Por Nélson Rodrigues

Uma coisa é certa: não se improvisa uma vitória. Vocês entendem? Uma
vitória tem que ser o lento trabalho das gerações. Até que, lá um dia,
acontece a grande vitória. Ainda digo mais: já estava escrito há seis
mil anos, que em um certo domingo, de 1976, teríamos um empate. Sim,
quarenta dias antes do Paraíso estava decidida a batalha entre o
Fluminense e o Corinthians.

Ninguém sabia, ninguém desconfiava. O jogo começou na véspera, quando
a Fiel explodiu na cidade. Durante toda a madrugada, os fanáticos do
timão faziam uma festa no Leme, em Copacabana, Leblon, Ipanema. E as
bandeiras do Corinthians ventavam em procela. Ali, chegavam os
corintianos, aos borbotões. Ônibus, aviação, carros particulares,
táxis, a pé, a bicicleta.

A coisa era terrível. Nunca uma torcida invadiu outro estado, com
tamanha euforia. Um turista que, por aqui passasse, havia de anotar no
seu caderninho: “O Rio é uma cidade ocupada”. Os corintianos passavam
a toda hora e em toda parte.

Dizem os idiotas da objetividade que torcida não ganha jogo. Pois
ganha. Na véspera da partida, a Fiel estava fazendo força em favor do
seu time. Durmo tarde e tive ocasião de testemunhar a vigília da Fiel.
Um amigo me perguntou: “E se o Corinthians perder?” O Fluminense era
mais time. Portanto, estavam certos, e maravilhosamente certos os
corintianos, quando faziam um prévio carnaval. Esse carnaval não
parou. De manhã, acordei num clima paulista. Nas ruas, as pessoas não
entendiam e até se assustavam. Expliquei tudo a uma senhora, gorda e
patusca. Expliquei-lhe que o Tricolor era no final do Brasileiro, o
único carioca.

Não cabe aqui falar em técnico. O que influi e decidiu o jogo foi a
torcida. A torcida empurrou o time para o empate.

A torcida não parou de incitar. Vocês percebem? Houve um momento em
que me senti estrangeiro na doce terra carioca.

Agora por Adriano Barbosa: Reduza um pouco a quantidade e troque o carioca pelo Japones no texto acima. Teremos a mesma situação no Japão. Tem sites, blogueiros, jornalistas e um monte de gente perguntando cadê a invasão? São 10 mil corintianos que foram do Brasil, e segundo o site de venda de ingressos da FIFA, 20 mil foram vendidos para torcida corintiana.

Certo, concordo que não são 73 mil corintianos no Japão como foi no Rio de Janeiro em 1976, mas 20 mil não é uma invasão? Eu não sei o que é então. Noticiaram no UOL que São Paulo com 31.510 pagantes em 2005 e Internacional com 33.690 pagantes tiveram média maior na estréia, do que o Corinthians com 31.417. Mas a própria matéria informa que o Timão (E o Santos) jogou em Toyota, e o Tricolor e o Colorado jogaram em Tokyo, onde a facilidade de acesso ao público é maior. Estão usando isso para justificar que a Invasão ao Japão não existe.

Uma coisa é certa, dentro do estádio de Toyota hoje a maioria esmagadora era torcedores do Corinthians, e não acredito muito que os simpatizantes japoneses foram ao estádio com camisas, agasalhos e tocas do Timão. Para quem diz que a Invasão não existe, fique com suas teorias. Com certeza o Corintiano que não foi para o Japão não vai ligar para suas explicações, iremos apenas torcer e gritar tão alto nesse domingo, para que lá a mais de 20 mil km do Brasil, os “Guerreiros” alvinegros nos ouçam e vençam a partida contra o Chelsea ou Monterrey, nesse momento o adversário não importa.

Sobre Adriano Barbosa

Brasileiro, casado, pai de 2 filhos, formado em Administração de Empresas, Analista de Pessoal numa empresa do ramo de Cultivo de cana-de-açucar
Galeria | Esse post foi publicado em BRASILEIRÃO, FUTEBOL PAULISTA, FUTEBOL SULAMERICANO, LIBERTADORES, LIGA DOS CAMPEÕES, MUNDIAL FIFA, NOTÍCIA, NOTÍCIAS ESPORTIVAS, SÉRIE A e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

5 respostas para NÃO É INVASÃO? PERGUNTA PARA OS JAPONESES

  1. Guilherme disse:

    Adriano, dizem que só tinha 20 mil Corinthianos, pois os Corinthianos de lá, tinham que trabalhar! No domingo a previsão é de 30 mil.

  2. O texto do amigo Adriano mais parece um desabafo contra a provocação de algum jornalista.

    Pesquisando na web encontrei que quem escreveu sobre não haver invasão foi o MILTON NEVES, grande “torcedor corinthiano” que criou o o termo “apito amigo corinthiano”

    o título era:
    Na estreia do Mundial, Corinthians tem público inferior a São Paulo e Internacional! Afinal, existe mesmo a tal “Invasão Corintiana”?

    http://blogmiltonneves.bol.uol.com.br/blog/2012/12/12/na-estreia-do-mundial-corinthians-tem-publico-inferior-a-sao-paulo-e-internacional-afinal-existe-mesmo-a-tal-invasao-corintiana/

    ——————————
    Dias antes vi uma noticia no uol a qual me recordo pois comentei com meu amigo Fabio (corinthiano e morador de zona leste) a qual informava que a direção corinthiana estava a se decepcionar com a quantidade de menos de 10 mil corinthianos no Japão.

    a Noticia localizei e está neste link
    http://esporte.uol.com.br/futebol/campeonatos/mundial-de-clubes/ultimas-noticias/2012/12/11/menos-de-10-mil-torcedores-do-corinthians-viajaram-para-o-japao-para-ver-o-time-no-mundial-de-clubes.htm
    .

    ————————————–
    O fato é que o Corinthians é um time de massa e todos os textos são publicados no intuito de obter audiencia com a exploração do assunto corinthians. Sabemos tbém que o UOL é do grupo Folha que enfrenta grande crise em suas finanças e é comum noticiar inverdades, que o diga o grupo Record e a Igreja Universal, maiores vítimas desta midia fraudulenta.

    Independente do que se fale ou comente os fatos estão sendo transmitidos pela tv e todos podem acompanhar e tirar suas próprias conclusões. Eu particularmente, embora sendo são paulino e sem querer tirar casquinha do Corinthians, percebi um número grande de torcedores alvinegros, principalmente localizados nas extremidades dos dois gols. O meio do estadio não se apresentava com lotação completa e se notava algumas lacunas sem torcedores.

    A narração da Globo, mostrava um Galvão Bueno, repetindo por diversas vezes o termo de invasão corinthiana – bastante eufórico o narrador, talvez isto tenha gerado toda a polemica e o Milton Neves que adora uma rixa não perdeu a oportunidade de tirar casquinha.

    Não há números precisos, mas dá para se acreditar que o Corinthians deve ter levado a maior quantidade de torcedores brasileiros ao Japão quando comparado com Internacional, São Paulo e Santos. Isto é notável! Entretanto é exagero querer glamorizar este assunto, como se algo de outro planeta houvesse acontecido, o termo de Invasão é até inadequado.

    Fiquei com a sensação de que os narradores da Globo não tinham muito o que falar e desfocavam o assunto que era o jogo para falar da torcida. Ou talvez o estudo de marketing e publicidade deles tenha recomendado que o jogo é o que menos importa, mas sim enaltecer a torcida o que de certa forma causa um rivalismo com torcedores de outras equipes. Por isso até se justifica que durante algumas cenas a transmissão (possivelmente a camera exclusiva) da Globo mostrava imagens de corinthianos segurando faixas escrito CHORA PORCO

  3. WAGNAO CORINTHIANAO DO ABC disse:

    PAZ DE CRISTO AMIGOS :E´O CORINTHIANS E´INCRIVEL MESMO NAO TEM UMA EXPLICAÇAO
    EXATA DESSE SENTIMENTO ;ME CONVERTI AO SANTO EVANGELHO DO SENHOR JESUS ,
    LARGUEI AS NAMORADAS ,AS PAIXOES DO MUNDO DO ENGANO ,BALADINHAS,
    CASEI ,TENHO FILHO ,TO CHEGANDO NOS 40 ,COM UMA MENTE RENOVADA ,COM ALEGRIA
    PRA GLORIA DE DEUS ;MAS CONTINUO UM CORINTHIANO APAIXONADO ;DIZEM O PESSOAL
    DA IGREJA QUE EU TENHO QUE PARAR ,MAS EU AMO O CORINGAO ,E SEM EXAGEROS
    DOS MALES QUE O MUNDO TEM ESTE E”O MENOR .
    E APROVEITANDO A DEIXA, PALPITES PARA O MUNDIAL……

    CORINTHIANS 1 x 0 CHESTER de natal

    MAIS UM PRIVILEGIO DE SER CORINTHIANO COMEREMOS O CHESTER PRIMEIRO
    DO QUE AS OUTRAS TORCIDAS rsrsrsrsrs …VAI CORINTHIANS …
    ……

  4. fabio santos disse:

    não tenho nenhuma duvida que e uma invasão no japão so não da para comparar com a invasão no rio de janeiro pois depois desse dia foi inventada a lei corinthians que funciona ate hoje o regulamento e estipulado um pequeno numeros de ingressos para o time visitante para não ocorrer o que aconteceu no rio de janeiro.

    • WAGNAO CORINTHIANAO DO ABC disse:

      SEM CONTAR QUE ATE´ALGUNS TIMES GRANDES SAO UMA MODINHA ;OU SEJA
      A TORCIDA SO ´VAI EM MASSA PRO JOGO NAS SEMI-FINAIS ,OU PERTO DO DESFECHO DO CAMPEONATO ,AGORA A FIEL SE O FUTEBOL ACABAR ALGUM DIA PODEM TER CERTEZA ELE ,ACABA PRIMEIRO QUE O CORINTHIANS…..

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s