SANGUE DE TIRADENTES

Por Neto Fortes.

Bom dia a todos,
Go big, or go home.
Este é o comportamento do torcedor brasileiro.
Como mineiro vejo todos os anos as coisas se repetirem e me perdoem cariocas e paulistas, não há jeito e não há vergonha na cara dos dirigentes dos dois estados.. Quando chega no final do campeonato e um carioca está na frente os paulistas descem o pau nas arbitragens, e vice versa. As coisas não mudam e se um gaúcho, ou paranaense, ou pernambucano, ou baiano, ou ainda um mineiro estão envolvidos e reclamam das evidentes ajudas, são criticados e gozados. Somos uns “chorões” e a força da imprensa facciosa e clubística dos dois estados determina o tom das discussões a respeito das reclamações destes estados e já os tem estigmatizados e caracterizados: são uns “chorões”, futebol se ganha é dentro do campo e por aí vai. A pimenta só dói no olhos os outros.
A primeira pergunta: vocês se lembram alguma vez em que um time destes estados que eu citei, ou de qualquer outro fora do eixo Rio-São Paulo foi campeão e foi acusado de ter sido beneficiado com artimanhas do tipo desta do R49 na véspera do jogo com o Internacional em sua trajetória para chegar ao título? Para um time destes estados ganhar um brasileirão tem que ser muito superior aos outros todos, senão não ganha nada. Tem que estar acima das forças extra campo, inclusive dos tribunais, que diante da impunidade para seus descalabros inventam a cada ano um artifício para conduzir resultados. É muito bonito, sentados nos tronos da sua grandeza construída por uma imprensa deletéria, afirmar que não há complô para beneficiar este ou aquele clube enquanto o que se vê é exatamente o contrário. Nesta última rodada aconteceram erros a favor do Atlético e os cariocas particularmente deram graças a DEUS pois tiveram a possibilidade de justificar os erros absurdos cometidos a seu favor. Chega a ser engraçado.
A segunda pergunta. Quando Brasília foi construída toda a administração e poder judiciário foi transferido para lá, acabando com a eterna e imunda política de protecionismo aos cariocas em todas as áreas envolvidas por estes setores como é de histórico conhecimento de todos.
Porque o STJD também não foi para lá? Não precisam responder, já compreendi as razões. Aliás eu já “sofro” as razões há muitos anos. Para dizer melhor, desde que eu nasci, mas não me acostumo. Corre nas minhas veias o sangue de Tiradentes e não vou me calar nunca. Já protestei por “equidade de tratamento”, junto a Federação Mineira de Bananas, que nem resposta me deu, já o fiz direto ao STJD, que me respondeu, pelo menos isto, da sua constante preocupação de melhorar todos os procedimentos afeitos àquela casa. Eu nunca vi estas melhoras. Há que se fazer mais. O término destas vergonhas terá que partir do povo, de uma conscientização e elevação do nível cultural do povo que deverá se envergonhar deste estado de coisas. Mas quando acreditar que chagaremos a um nível de educação em que o “jeitinho brasileiro” de levar vantagem em tudo seja abominado e conquistar títulos pelos meios imundos e extra esporte, venha a ser algo revoltante?
Estamos muito longe disto não é mesmo? É por isso que a sexta maior economia do planeta nos brinda com um nível de qualidade de vida lá pela casa dos cento e tantos. O desrespeito por nós mesmos é o nosso legado.
Êta triste povo brasileiro.
E viva o Fluminense, Campeão Brasileiro de 2012. O Atlético chega a esta partida completamente pressionado, enquanto o Fluminense ao contrário chega a ela com a vantagem conquistada “legalmente” de nove pontos. Esta vantagem não foi construída agora, mas sim ao longo de um campeonato brilhante e sem nenhuma contestação.
A terceira pergunta: Se todas estas vezes em que resultados foram distorcidos a favor do clube carioca tivessem acontecido a favor do Atlético ou do Grêmio, vocês acreditam que as coisas estariam do jeito que estão ou a mesa já teria sido virada?
Não precisa responder também não.
Ah! os “chorões”? Larga eles prá lá, é o mesmo de todo ano…
Êta kxaça de fel, tá amarga que dói e maltrata não é o meu paladar não, maltrata a minha dignidade de brasileiro que tenta construir um futuro melhor para minhas filhas e que exige delas o mesmo comportamento. E com um PUTA ORGULHO, EU AFIRMO, AH! SE TODOS FOSSEM IGUAIS. Não estaríamos aqui falando sobre imundícies e lixo!
Bom dia todos.

Sobre Adriano Barbosa

Brasileiro, casado, pai de 2 filhos, formado em Administração de Empresas, Analista de Pessoal numa empresa do ramo de Cultivo de cana-de-açucar
Galeria | Esse post foi publicado em BRASILEIRÃO, FUTEBOL CARIOCA, FUTEBOL GAÚCHO, FUTEBOL MINEIRO, FUTEBOL NORDESTINO, FUTEBOL PAULISTA, FUTEBOL PERNAMBUCANO, JOGO SUJO e marcado , . Guardar link permanente.

3 respostas para SANGUE DE TIRADENTES

  1. Me permita fazer mais um complemento, em mais um dos seus ótimo texto amigo Neto.

    4º Pergunta: Até quando quando vamos ter uma arbitragem amadora, num futebol profissional e 5 vezes campeão mundial? Tb não precisa responder. Pois é mais fácil fazer essas vergonhas, com os “vacilões” amadores, não é verdade?

    E a cada dia tenho certeza, que Cazuza / Nilo Roméro / George Israel, fizeram essa música prevendo o futebol dos dias de hoje.

    “Não me convidaram
    Pra esta festa pobre
    Que os homens armaram
    Pra me convencer
    A pagar sem ver
    Toda essa droga
    Que já vem malhada
    Antes de eu nascer…

    Brasil!
    Mostra tua cara
    Quero ver quem paga
    Pra gente ficar assim
    Brasil!
    Qual é o teu negócio?
    O nome do teu sócio?
    Confia em mim…”

    Fazer o que né ?

  2. joseeraldo14 disse:

    Bom…eu não comentei muito, ou tanto quanto eu gostaria sobre estes fatos vergonhosos que estão acontecendo no campeonato brasileiro, mas de antemão quero parabenizar o Adriano pela iniciativa de inserir este comentário brilhante do nosso Mestre Neto fortes como um Post.
    Gostaria de mais uma vez parabenizar o amigo Neto por este texto sensacional, não tenho mais nada a acrescentar falou tudo e mais um pouco amigo.
    O triste é assistir o “Bem Amigos” programa do Sportv de segunda-feira e o apresentador ridicularizando as manifestações das redes sociais, dos clubes que foram “roubados” e de torcedores em relação aos erros de arbitragem estranhamentes frequentes ao Fluminense. Me dá enjoou. Demagogia de primeiro nível.
    Por que será que os torcedores metidos a machões que gostam de bater em torcedores rivais, em jogadores, em garotinhas não vão a sede do STJD e não quebram tudo? vão lá, façam manifestações contra estes desocupados, mal intencionados e irresponsáveis.
    Bato palmas em pé ao Presidente do Atlético que deu uma declaração firme sobre tudo isso e sinto que não foi apoiado por outros presidentes.
    enfim… até quando não é? e como disse o Neto parabéns ao Fluminense campeão de 2012!! Não perde mais, se tiver algum risco…marcamos um penaltyzinho aqui outro ali e tá tudo certo né.

    • Eu vi o texto do Neto e o Adriano fez muito bem em transformar em post.

      Devia se tornar uma coluna semanal.

      O eixo Rio-São Paulo recebe tratamento diferenciado na CBF e na midia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s